Google Website Translator

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Velhas águias esquecidas pelo Brasil - II

Continuando nossa busca por velhos aviões esquecidos pelo Brasil afora. Em 22 de junho de 2009 relatamos o Viscount de Araçariguama, o YS-11 de Porto Belo/Tijucas do Sul e o DC-3 de Canarana. Hoje vamos ver outras velhas águias:
A aeronave abaixo é um Fairchild C-82A Packet, que vou no Brasil pela Cruzeiro do Sul (na foto acima, um C-82A nas cores da Cruzeiro) e pelo Frigorífico Cruzeiro do Sul S/A - Frigosul. É, portanto, um legítimo "carnicero" brasileiro (ver artigo sobre os "carniceros" da Bolívia, de 9 de julho). Fabricado no final da década de 40 para a USAF como 45-57783, foi vendido para negociantes de aeronaves americanos como N7855B. Veio para o Brasil e foi registrado pela Cruzeiro como PP-CEL em 31 de março de 1959. Vendido para a Avimotor em 04 de outubro de 1973, que o vendeu à Agropecuária do Juruá 15 dias depois. Voltou à Avimotor em 13 de maio de 1974, que o vendeu ao Frigorífico Cruzeiro do Sul - Frigosul, no dia 20 do mesmo mês. Operou no transporte de carne pelo Frigosul até 16 de junho de 1976, quando passou para a Shell do Brasil. Em dezembro de 1979 foi adquirido pela Aristek. Está abandonado no Aeroporto Eduardo Gomes, em Manaus, Amazonas, desde 1983. Está inteiro, com motores e hélices, mas em péssimo estado de conservação.
O Douglas DC-3 da foto abaixo está abandonado no Aeroporto Pinto Martins em Fortaleza, no Ceará. Matriculado PT-AOB, voou na Cruzeiro do Sul. Foi adaptado pela empresa para o serviço de aerofotogrametria. Foi adquirido pela TAF - Transportes Aéreos Fortaleza, mas foi abandonado há muitos anos no aeroporto de Fortaleza, onde se encontra até hoje em péssimas condições de conservação.
O Boeing 737-200 da foto abaixo é uma aeronave histórica. Foi um dos quatro primeiros Boeing 737 a operar no Brasil. Tem o s/n 161, foi adquirido novo pela VASP e matriculado como PP-SMA. Chegou ao Brasil com mais 3 aeronaves 737 em 21 de abril de 1969. Sua apresentação foi em grande estilo, fazendo um voo rasante sobre o Aeroporto de Congonhas, em São Paulo. Operou pela VASP até 2004, quando uma ordem do DAC suspendeu as operações dessa e de mais 5 aeronaves Boeing 737-200 mais antigas. Tinha quase 90 mil ciclos quando foi aposentado. O avião teve sua pintura removida, e os motores, instrumentos, poltronas (de couro legítimo) foram aproveitados pela VASP em outras aeronaves da frota até a suspensão definitiva dos serviços da empresa, no ano seguinte. Está abandonado no Aeroporto de Confins, em Belo Horizonte. Foi leiloado em junho de 2009 como sucata, mas não teve licitante interessado.

5 comentários:

  1. Triste ver aviões assim,isso faz parte da história...Agora em ruinas..Triste mesmo,para quem gosta de aviação ver algo assim.

    ResponderExcluir
  2. Salve, tenho uma triste notícia, a aeronave acima o Fairchild C-82A Packet que está baseado em minha Cidade Manaus, está sendo destruido por ordem da aeronautica, infelizmente não houve ninguem interessado pelo ao menos tentar fazer uma reforma ou criar uma restaurante ou lanche com a forma da estrutura.

    ResponderExcluir
  3. Infelizmente, o C-82A PP-CEL, que estava abandonado no Aeroporto Eduardo Gomes, em Manaus, virou mesmo sucata, foi vista no dia 18 de julho de 2010 em um ferro-velho na Rua Copiuba, próximo á fábrica da Copag, em Manaus. Lamentável que tão bela e rara máquina tenha um fim tão inglório, depois de resistir por tanto tempo. Nota ZERO para a Infraero, administradora do aeroporto e que vendeu o PP-CEL como sucata.

    ResponderExcluir
  4. Olá pessoal! Eu acompanhei alguns voos em Manaus em 2008 por 1 semana. Me chamava sempre a atenção este avião abandonado no Eduardinho.
    Eu tenho 2 fotos do PP-CEL enquanto ainda operava no fim da década de 70. Como faço para enviar a vocês?
    Poderia postar ai também.

    ResponderExcluir
  5. Agradeço pela visita e pelas informações. As tuas fotos me interessam, e muito, pode enviar para o email jonas.liasch@gmail.com. Peço a gentileza de autorizar a publicá-las aqui no mesmo artigo sobre o PP-CEL.

    ResponderExcluir

Gostou do artigo??? Detestou? Dê a sua opinião sobre o mesmo.