Google Website Translator

segunda-feira, 6 de julho de 2009

O Aeroporto Kai Tak em Hong Kong

O Aeroporto Internacional Kai Tak em Hong Kong foi um dos aeroportos mais famosos do mundo, e muito da sua fama devia-se ao fato de ter uma das pistas mais perigosas da aviação comercial.
O aeroporto operou de 1925 até 1998, com uma única pista (13-31) de 3.390 m de extensão, um fator limitante para o principal aeroporto de um dos mais importantes polos comerciais do Extremo Oriente.

O aeroporto, localizado perto de Victoria Harbor, era afetado por fortes ventos de través, e a aproximação para a pista 13 era totalmente fora do convencional: as aeronaves faziam a aproximação em linha reta por IGS (Intrument Guidanace System, uma forma modificada de ILS) para um ponto chamado Checkerboard Hill, balizada por uma colina com uma laje pintada de xadrez vermelho e branco. A partir desse ponto, o avião fazia uma curva de 47 graus, sem o uso do piloto automático e em condições estritamente visuais, para alinhar com a pista 13.
Durante essa fase, as aeronaves voavam muito baixo sobre o bairro de Western Kowloon, o que oferecia um espetáculo fascinante e, ao mesmo tempo, aterrador para os habitantes e turistas que visitavam o local justamente para fotografar as aproximações.
Diante de um risco e de um movimento tão intenso, é de se espantar que o aeroporto não tenha registro de grandes catástrofes aeronáuticas. Alguns aviões, como um Caravelle da Thai Airways e um Boeing 747-400 da China Airlines acidentaram-se quando tentaram pousar durante tufões. O acidente com o Caravelle vitimou 24 pessoas, enquanto o acidente do 747 não causou vítimas.

O pior acidente em Kai Tak ocorreu com um Lockheed C-130 Hercules do US Marine Corps, que caiu no mar devido a perda de controle após a decolagem da pista 13, vitimando 59 das 71 pessoas a bordo.

Todavia, ocorreram inúmeros incidentes devido aos ventos de través que danificaram trens de pouso e motores nas asas.
O aeroporto acabou sendo substituído, devido ao grande congestionamento, por um novo aeroporto construído em uma ilhota, Chep Lak Kok, cujo topo foi devastado, e os resíduos jogados ao mar para formar um grande aterro. Muito mais espaçoso, o novo aeroporto, chamado de Chep Lak Kok em homenagem à ilhota que lhe deu origem, oferece muito mais segurança e espaço, digno da cidade no Século XXI.

Kai Tak foi fechado definitivamente no dia 6 de junho de 1998, quando o último avião decolou de lá, um Airbus A340 da Cathay Pacific. As luzes da pista foram apagadas à 01:28, e o controlador da torre disse simplesmente, em uma mensagem final: "Goodbye Kai Tak, and thank you". Durante toda a noite, um interminável comboio de caminhões, ônibus e outros veículos de apoio deslocaram-se ao novo terminal.
Hoje, quase nada resta de Kai Tak: o Terminal foi totalmente demolido entre dezembro de 2003 e janeiro de 2004 (foto acima), e apenas alguns vestígios de sua antiga pista ainda podem ser vistos. Planeja-se construir no local um terminal de cruzeiros marítimos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou do artigo??? Detestou? Dê a sua opinião sobre o mesmo.

Postar um comentário